Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quarto Minguante

Quarto Minguante

15/12/17

Carta ao Pai Natal

 

 

 

Imagem relacionada

 

 

Olá, S. Nicolau.

 

 

Calma! Não venho pedir-te impossíveis. Presentes dispendiosos ou complicados de encontrar. Fazer, alguma reclamação. Queria, sim, pedir-te um favorzinho pequeno. A tua intercepção, junto da Mãe Natal para um problema antigo, nestas alturas.

Não fiques triste de te escrever, para ter "acesso" a ela, mas na verdade nestes assuntos domésticos as mulheres têm mais experiência. Tens tanto que fazer, ainda, nesta, que será esta última semana! Teres tudo pronto, em tempo record é uma façanha. Não queria perturbar-te. Porém:

Sabes que para se celebrar condignamente  o nascimento de Jesus, tudo deve estar praticamente imaculado e irrepreensível. Louças, talheres, decorações, casa limpa e... pois, é; as toalhas.

Tens conhecimento que nos convívios de Natal, ou outros quaisquer, há sempre quem se "descuide" e aquela nódoa de vinho...ui! A de azeite...grrr! Mas não é de essas que queria falar com a tua esposa, sim das (amarelas) que; mesmo depois de tudo acabado, lavado, engomado e guardado... nos surpreendem, uma semana antes da grande noite e ao abrimos a toalha, bordada por nós - que juraríamos impecável - nos dá um panorama lastimável, de nódoas nas dobras. Uma aqui, outra acolá!

A mãe Natal é uma dona de casa exímia, todos o sabem! Cuidar de um homem como tu e de um batalhão de duendes e "duendas" que só querem brincar, é tarefa hercúlea. Também, temos consciência, de que na tua mesa nada se aponta. Tudo se apresenta incontestavelmente, perfeito! Sendo assim, poderias perguntar-lhe como se desembaraça de tal praga?! Dares-lhe esta carta, a ler e - se não fosse muito incómodo - ela ligar-me para o telemóvel?

Não vos peço o vosso, por motivos óbvios! Se dúvidas restassem - de que todos perdem o Norte quando se fala de ti -, está aí o anúncio da NOS para desvanecê-las!

A sério, já agora? Aquele senhor do anúncio, mal que te pergunte: É o teu filho? Neto?! Sim, senhor. Muito bem apessoado. Tem um Ho-Ho-Ho muito charmoso!

Vou andando, Pai Natal, não te tomo mais tempo! Tenho um montinho considerável de roupa para passar e um dos meus duendes, auxiliadores, está de folga. O outro, viajou para aí, no início do mês para te ajudar. Portanto: Sem, outro assunto...

Tem uma boa viagem, Pai Natal! Cuidado com as estradas dos céus, que também já foram mais seguras.

Um beijinho desta tua amiga, que nunca desacreditou da tua existência, nem quando o "patife" do irmão se descaiu naquela tarde fria - de Inverno -  há muitos anos atrás, mesmo chorando o resto do dia e pela noite fora.

 

Obrigada, por continuares a encher o imaginário de tanta criança de magia. 

Agasalha-te, que está muito frio, lá em cima...

 

 

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

George R.R. Martin

"Erguemos os olhos para as mesmas estrelas, e vemos coisas tão diferentes".

.
Web
Analytics


hit
counter